Pavilhão da Magnólia

Com 16 anos de trajetória, mais de 900 apresentações em 50 cidades pelo país, o Grupo Pavilhão da Magnólia, é hoje um dos principais grupos de teatro do estado do Ceará, com um trabalho continuado e que articula pesquisas e pluralidade em seus espetáculos, compondo um repertório variado. Tendo trabalhado desde 2015, com encenadores importantes como Hector Briones (CE-CHI), Miguel Vellinho (RJ), Herê Aquino (CE) e Marcelo Romagnoli (SP) o grupo Pavilhão da Magnólia possui repertório de 6 espetáculos com destaque para o infanto-juvenil "Napoleão" e sua mais recém estreia "Há uma festa sem começo que não termina com o fim" com direção de Francis Wilker e co-direção de Thereza Rocha.
 

32892234346_0d58a5522e_o.jpg
32892234346_0d58a5522e_o.jpg
Captura de Tela 2021-01-10 às 16.44.25.p
Captura de Tela 2021-01-10 às 16.44.25.p

Prisma de Artes

A Cia. Prisma de Artes foi fundada em 1985 na periferia da cidade de Fortaleza no bairro Dias Macêdo, trazendo na bagagem espetáculos como: “As Aventuras de João Sortudo”, “ Não Verás País Nenhum”, “Urubus”, e seu mais recente trabalho “Putz, a menina que buscava o sol”. A Cia realiza ainda projetos de democratização do teatro como o Festival Popular de Teatro de Fortaleza realizado desde 2010, e de incentivo a leitura e literatura como a Caravana da Leitura.